importar brinquedos argentina
Blogging

Como importar Brinquedos da Argentina

Aprender como importar brinquedos, é uma ótima maneira de presentear seus filhos com produtos de qualidade sem gastar muito.

Atualmente o mercado de brinquedos está muito diversificado e, cada vez mais, os produtos preferidos pelas crianças recaem nos famosos jogos de montar (Lego) ou nos brinquedos eletrônicos que levam marcas de personagens famosos.

Por se tratarem de produtos feitos em outros países, o preço de venda aqui no Brasil é muito caro, alguns brinquedos de montar com maior quantidade de peças chegam com facilidade na casa dos 4 dígitos (mais de mil reais), em uma família onde existam duas crianças, os presentes de natal, dia das crianças ou aniversário podem chegar na casa dos 3 salários mínimos facilmente.

A boa notícia, é que existe uma maneira de comprar esses mesmos brinquedos lá fora, e pagar até menos da metade do preço, Na central de Cursos online está disponível o Fórmula da Importação para você saber mais sobre esses detalhes.

importar brinquedos argentina

Como fazer importação de brinquedos da Argentina sendo pessoa física

Do que estamos falando ? Estamos falando da importação de brinquedos feita por pessoa física. Ou, comprar diretamente em sites do exterior e, mesmo que sua compra seja taxada aqui no Brasil, o valor final ainda será bem mais baixo que o cobrado pelas lojas de brinquedos.

Teoricamente existe uma cota de USD 50,00 (cinqüenta dólares) para compras no exterior ficarem livres da taxação pela alfândega. Na verdade esse valor “mínimo” não existe, pois qualquer produto comprado no exterior pode ser taxado quando chega aqui. Assim, é possível pagar uma taxa de R$ 50,00 por produtos que custaram poucos dólares.

A melhor maneira de fazer essa taxação compensar é fazendo compras maiores, com mais itens e usar um redirecionador de mercadorias. Atualmente, existem serviços que operam como um grande armazém recebendo e enviando mercadorias vindas do exterior para os países da América do Sul.

Um bom exemplo desse serviço é o shipito, onde o comprador abre um conta e recebe dois endereços para usar quando fizer suas compras em sites estrangeiros, um endereço nos EUA (Estados Unidos) e outro na Europa. Esse tipo de serviço é muito importante já que algumas lojas não enviam produtos para fora de seus países de origem (algumas lojas americanas e européias não fazem envio para o Brasil).

O principal diferencial de preço, nas lojas internacionais, é a forma de envio. Cuidado quando escolher a forma como seu produto será enviado, pois se escolher um serviço de courier como DHL ou FEDEX sua compra será taxada pela alfândega, escolha sempre os serviços de envio mais comuns como USPS (EUA), China Post Royal Mail (China), DHL Global Mail (Europa) que são como o nosso correio local, com taxas de envio bem menores e que podem acontecer de não serem taxados pela nossa alfândega.

Como você pode ver, a importação para pessoa física não passa de uma compra feita em uma loja virtual de outro país, é preciso ter um cartão de crédito internacional para fazer o pagamento, ou usar o serviço Paypal que é aceito em um grande número de estabelecimentos ao redor do mundo.

Caso tenha receio de fazer uma compra grande logo de cara, faça um experimento comprando algo mais barato com o curso formula da importação, apenas para ver como funciona o processo e quanto tempo a mercadoria leva para chegar em sua casa.

Padrão